Por que devo implementar a cultura do feedback?

Tempo de leitura: 2 minutos

Ao entrar em uma organização levamos em conta diversos fatores além do financeiro como, por exemplo, crescimento pessoal e profissional, cargos e salários, alinhamento da visão e missão da empresa com a nossa pessoal, bem estar, clima organizacional. E, a medida que vamos conhecendo mais o ambiente profissional, vamos nos apaixonando mais ou menos pelo nosso trabalho naquele lugar e um fator que contribuiu e muito para isso, é o feedback.

O feedback é uma forma rápida e econômica, mas eficiente de melhorar o desempenho do funcionário e ele tem um reflexo direto no sucesso da organização. Esse retorno dado pela empresa pode ser de forma escrita ou oral e de qualquer forma, deve ser construtivo.

Segundo uma pequisa da Hubspot, 43% dos funcionários que recebem feedbacks de suas atividades ao menos uma vez por semana são mais engajados e 78% dos trabalhadores afirmam que o reconhecimento deixa eles mais motivados. E, para a empresa em questão, são números expressivos, pois ajuda a diminuir e evitar retrabalhos já que o tempo útil não é gasto com tarefas que não fazem parte dos objetivos.

Para dar esse retorno ao funcionário, não é necessário marcar uma reunião com data e hora, como algumas empresas costumam fazer, pois isso torna o processo mais burocrático. Ao invés disso, instale a cultura do feedback que vai mudar a mentalidade voltada para o aprendizado e evolução através da conversa assertiva que não precisa esperar uma data agendada, ela pode acontecer naturalmente no decorrer das rotinas de trabalho sempre que oportuno.

Quais são os benefícios do feedback para a empresa?
Um dos principais benefícios do feedback para a empresa é melhorar o direcionamento do trabalho, pois quando a organização se comunica com clareza com os funcionários sobre os objetivos que deseja alcançar e como a equipe pode ajudar no processo, o engajamento se torna mais fácil.

Dessa forma, é importante deixar claro para o funcionário o que a empresa espera dele, assim como a empresa deve entender o que o funcionário espera da organização criando uma relação saudável da cooperação e produtividade entre as partes.

Com a instalação da cultura do feedback, a empresa consegue reter os melhores talentos. Entretanto, não adiana adotar as melhores técnicas se faltar o ponto mais importante que é equilíbrio. De acordo com uma pesquisa da Harvard Business Review, cerca de 40% dos movimentos internos de trabalho realizados com profissionais de alto desempenho acabam falhando se o feedback for usado como uma fonte de disputa na empresa. Então, atenção na hora de conversar com o profissional.

Outra vantagem para a empresa, é quanto a novas ideias. Pois o feedback é um instrumento encorajador para novas ideias e, profissionais motivados desenvolvem com maior propriedade e conseguem prover soluções inovadoras. Vamos a partir de hoje, instalar a cultura do feedback na sua empresa?

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *